[Câmara de Valinhos] Reunião sobre Trem Metropolitano da CPTM é transferida para o dia 16/08/2013.

Postado em: 07-08-2013 por:cptmcampinas | Visitas: 3.023 | Comentários:0

0

Sediado na Câmara de Valinhos, encontro entre coordenadores da campanha e autoridades discutirá novos rumos do projeto e a ampliação de propostas sobre o modal ferroviário de passageiros na região.

A Reunião de Coordenação da Campanha CPTM-Campinas (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), sobre a possibilidade da extensão dos serviços ferroviários da região marcada para o dia 12 na Câmara de Valinhos será realizada no próximo dia 16 de agosto. A mudança, segundo a coordenação, foi motivada por questões operacionais.

Além de especialistas em ferrovias, o encontro deve reunir os precursores da iniciativa na região: o coordenador Francisco Aparecido Felício (Diretor Presidente do Sindpaulista); o presidente da Câmara de Valinhos, vereador Lorival (PT), que também preside o Parlamento Metropolitano da RMC; o vereador de Louveira, Reginaldo Lourençon (PSDB); e o ex-vereador e atual suplente na Câmara de Vinhedo, Carlinhos Paffaro (PR), além de representantes dos municípios vizinhos, autoridades e apoiadores ao regresso do trem de passageiros.

“A reunião definirá os rumos da campanha que completará dois anos em agosto e vem reforçar a necessidade do país adotar um novo modelo de transporte para desafogar nossas rodovias e baratear os custos com deslocamento”, explicou o vereador Lorival.
Na pauta também será discutida a ampliação de propostas sobre o modal ferroviário de passageiros, bem como, os próximos passos da Campanha, estudos recentes sobre a situação das ferrovias na região, entre outros assuntos relacionados.

A campanha é uma iniciativa do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias Paulistas para o retorno do trem de passageiros de Jundiaí a Campinas, passando pelos municípios de Louveira, Vinhedo e Valinhos. Em Jundiaí já existe o trem da CPTM com destino à capital.

O objetivo geral da campanha é o de oferecer um transporte econômico, rápido, sem poluição e com segurança até a capital para um aglomerado urbano de aproximadamente 2 milhões de habitantes”, completou o vereador Lorival.

 

Dois anos da Campanha

A Campanha da CPTM para extensão dos serviços ferroviários na região teve início em 12 de agosto de 2011 com a 1ª audiência realizada no salão vermelho da Prefeitura de Campinas, com grande público presente.

No entanto, os preparativos para a primeira reunião começaram meses antes, com a histórica união dos municípios de Louveira, Vinhedo e Valinhos, representados pelos vereadores Lorival, Paffaro e Lourenção, que já envidavam esforços para integrar a região na rota da CPTM, com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias Paulistas.

Depois de Campinas, mais quatro audiências foram realizadas em 2011, nos municípios de Louveira, Valinhos, Vinhedo, Jundiaí, respectivamente. No ano seguinte, duas novas audiências foram organizadas em São Paulo com o apoio da Assembleia Legislativa do Estado.

Já neste ano, esta será a segunda reunião da Coordenação da Campanha da CPTM e pela segunda vez na Câmara de Valinhos. O movimento segue forte com o apoio de mais parlamentares e prefeitos da região, reforçando a cada encontro, a necessidade iminente do retorno do transporte ferroviário nas cidades envolvidas.

Entre os benefícios ressaltados pelo transporte férreo está a economia gerada aos passageiros (combustível, pedágio, estacionamento), rapidez, preservação do meio ambiente e elevação na qualidade de vida, uma vez que contribui em reduzir o estresse causado pelos congestionamentos, além de diminuir consideravelmente os números de automóveis nas rodovias.

O evento é aberto a convidados e autoridades da região.

SERVIÇO: Reunião Campanha CPTM – Campinas
Data: 16 de agosto de 2013 – Horário: 09h
Local: Câmara de Valinhos.

 
Fonte: Câmara de Valinhos

[RAC] Prefeitos cobram mais ação de Dilma e Alckmin.

Postado em: 18-07-2013 por:cptmcampinas | Visitas: 16.020 | Comentários:8

8

Chefes do Executivo vão montar agenda com promessas não cumpridas.

 

Os prefeitos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) ficaram revoltados, nesta terça-feira (16), com a informação de que o estudo de viabilidade de um trem ligando Campinas a Jundiaí só ficará pronto em 14 meses, e decidiram montar uma agenda de cobrança para todas as promessas feitas pelos governos federal e estadual.

“Estamos cansados de estudos, de avaliações, de projetos. Queremos ações e vamos cobrar firme”, disse o presidente do Conselho de Desenvolvimento da RMC, Milton Serafim.

O governo do Estado informou, no entanto, que 80% dos projetos da Agenda Metropolitana anunciada em 2011 estão prontos ou em andamento.

Serafim informou que vai reunir chefes dos executivos das 19 cidades para ter o que ele chama de “agenda positiva”. O prefeito de Vinhedo lembrou que em novembro de 2011 o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou em Campinas a Agenda Metropolitana, que previa investimentos de R$ 4 bilhões até o ano que vem.

Muitos dos projetos estão sendo realizados, mas conforme o presidente da RMC, outros ainda não saíram do papel, como a implantação de uma Faculdade de Tecnologia (Fatec) em Campinas, uma nova Escola Técnica em Sumaré e a nova Fatec em Itatiba.

[RAC - Correio Popular] Debate sobre o trem regional da CPTM mobiliza prefeitos.

Postado em: 17-07-2013 por:cptmcampinas | Visitas: 2.028 | Comentários:2

2

Governo aguarda relatório para atestar viabilidade de estender trilhos de Jundiaí à região de Campinas.

O estudo que vai atestar a viabilidade da extensão dos trilhos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) de Jundiaí a Campinas está concluído, mas o governo do Estado ainda aguarda os relatórios finais que estão sendo elaborados pela Oficina Engenheiros Consultores Associados S/C, para divulgar se o projeto, defendido por prefeituras, deputados, associações será possível de se executado.

A extensão do trem de subúrbio é parte de um amplo estudo sobre a mobilidade na chamada macrometrópole paulista, que engloba as regiões metropolitanas de São Paulo, Santos e Campinas, além das regiões de Sorocaba, São José dos Campos e o aglomerado urbano de Jundiaí.

A empresa que fez o estudo não informou se a ligação é possível, economicamente viável e desejável.

O coordenador de Planejamento e Gestão da Secretaria de Transportes Metropolitanos, Saulo Pereira Vieira, disse ontem, durante ciclo de conversas realizado em Campinas sobre mobilidade urbana e integração nas metrópoles, que os estudos irão mostrar a melhor solução técnica e operacional para acolher a demanda da região.

Com o Salão Vermelho da Prefeitura lotado, o debate reuniu prefeitos da região, vereadores, deputados e entidades em um tema onde há consenso — ligar Jundiai, Louveira, Vinhedo, Valinhos e Campinas pelo trem de subúrbio, para que seja o embrião de uma rede metropolitana de transporte sobre trilho na região metropolitana.

Aglomerado urbano de Jundiaí discute trem até Campinas.

Postado em: 31-05-2013 por:cptmcampinas | Visitas: 4.031 | Comentários:12

12

O conselho diretor do aglomerado urbano de Jundiaí se reuniu com o Secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Jurandir Fernandes. Em discução, o andamento do projeto da construção de trilhos para ligar as cidades de Jundiaí à Campinas.

Estiveram presentes, representantes das cidades da região, Prefeitos, Vereadores, Empresarios, autoridades civis e militares, além do Secretario de Transportes Metropolitanos de São Paulo.

Clique aqui, e confira o video/reportagem.

Ciclo de Conversas Sobre Mobilidade Urbana e Integração nas Metrópoles – Transporte Sobre trilhos.

Postado em: 18-04-2013 por:cptmcampinas | Visitas: 3.158 | Comentários:7

7

A Frente Parlamentar do Bilhete Único Metropolitano, (Dep. Estadual Gerson Bittencourt) em conjunto com a Secretaria de Transporte de Campinas/EMDEC e o SindPaulista fizeram acontecer neste dia 15 de abril de 2013 no Salão Vermelho da Prefeitura Municipal de Campinas(SP) importante evento denominado: Ciclo de Conversas Sobre Mobilidade Urbana e Integração nas Metrópoles – Transporte Sobre trilhos.

Este Ciclo de Conversas sobre a mobilidade urbana é fruto da necessidade da construção de um diagnóstico e de projetos para a integração do transporte público nas regiões metropolitanas e entre metrópoles.

Também é parte do esforço de diversos atores políticos e sociais que procuram retomar o transporte sobre trilhos como elemento estruturante da política de mobilidade urbana, propondo construir cenários, identificar gargalos e estabelecer ações e parcerias para a construção de cidades sustentáveis com inclusão social.

Além da presença maciça da população e especialistas em transporte de Campinas e Região, o evento foi abrilhantado pela presença de diversas autoridades políticas da RMC – palestrantes e técnicos da área de transporte que debateram o assunto. Hoje mais do que nunca, o modal ferroviário é a principal solução para os problemas que enfrentamos no transporte de massa em nosso país.

Confira a Galeria de Fotos do evento:





Transporte sobre Trilhos – Confira toda a agenda e participante do evento.

Postado em: 08-04-2013 por:cptmcampinas | Visitas: 1.524 | Comentários:0

0


Clique aqui e confira o itinerário do evento

[Notícias em Debate] Jurandir Fernandes – Secretário de Transportes Metropolitanos do estado de SP. (29-03-13)

Postado em: 07-04-2013 por:cptmcampinas | Visitas: 2.054 | Comentários:2

2

[Evento] Transporte sobre Trilhos – Ciclo de conversa sobre Mobilidade Urbana e Integração nas Metrópoles.

Postado em: 03-04-2013 por:cptmcampinas | Visitas: 3.239 | Comentários:6

6

No próximo dia 15 de abril a partir das 9h30 horas a Frente Parlamentar do Bilhete Único, junto com a EMDEC e o SindPaulista irão realizar debates sobre Mobilidade Urbana e integração das Metrópoles.

Esses ciclos de conversa são frutos da necessidade da construção de diagnóstico e projetos para a integração do Transporte Público nas regiões metropolitanas e entre metrópoles e do esforço de diversos atores políticos e sociais que procuram retomar o transporte sobre trilhos como elemento estruturante político da Mobilidade Urbana e da qualificação da infra estrutura e logística do transporte como um todo.

Esse ciclo se propõe a construir cenários, identificar gargalos e estabelecer ações e parcerias para a construção de cidades sustentáveis e um país da inclusão social.

A Frente Parlamentar do Bilhete Único Metropolitano, a EMDEC/Secretaria de Transportes de Campinas e o SindPaulista, convidam todos a participar: Dia 15 de Abril, a partir das 9 horas, na Prefeitura Municipal de Campinas, Salão Vermelho.

Informações:
EMDEC: (19) 3772-4078 (www.emdec.com.br)
SindPaulista: (19) 3721-0800 (www.sindpaulista.com.br)
Frente Parlamentar: (19) 3381-2451 (www.gersonbittencourt.com.br)

Projeto de extensão dos Trens da CPTM de Jundiaí à Campinas é Aprovado pela ALESP.

Postado em: 01-03-2013 por:cptmcampinas | Visitas: 32.679 | Comentários:19

19

[Câmara Municipal de Valinhos] Reunião entre autoridades que lutam pela retorno dos Trens de passageiros.

Postado em: 26-01-2013 por:cptmcampinas | Visitas: 12.140 | Comentários:12

12

A Câmara Municipal de Valinhos sediou, nesta quinta-feira, dia 24, o encontro das autoridades que lutam pela volta do trem de passageiros na região de Campinas. Autoridades de Vinhedo, Louveira, Valinhos e Jundiaí, além de membros do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias Paulista, foram recebidos pelo presidente da Câmara, Lorival Messias de Oliveira (PT). O objetivo, a partir de agora, é envolver as Prefeituras no projeto.

Lorival lembrou as autoridades que é preciso adequar o Plano Diretor dos municípios de Louveira, Valinhos, Vinhedo e Campinas que vão se beneficiar do trem de passageiros. “O Plano Diretor de Valinhos já aborda a questão do trem em nossa cidade, mas outras cidades precisam dar início às mudanças necessárias com urgência”, alertou.

O prefeito de Valinhos, Clayton Machado (PSDB), pediu empenho dos vereadores de Vinhedo e Louveira, pois o trem vai ajudar também no turismo nas cidades que fazem parte do Circuito das Frutas. “As festas de nossos municípios são tradicionais e poderão receber visitantes de outras regiões”, ressaltou.

Inline